Onde a Cegonha Poisou

Onde a Cegonha Poisou Fechar

Onde a Cegonha Poisou

Onde a Cegonha Poisou Fechar

Onde a Cegonha Poisou

Onde a Cegonha Poisou

Contos Autobiográficos do “meu Manuel”

De: Manuel Luís Rodrigues Sousa

  • Actualmente estrelas
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
 
€ 18,40
 
Expedição imediata, entrega prevista no prazo de 1 a 2 dias úteis.
  • em Portugal, para 1 unidade. Em quantidades maiores, prazo de 2 semanas. V. condições de entrega para envios internacionais.
 
 

Sinopse

O desenvolvimento da obra, de teor autobiográfico, como o próprio subtítulo sugere, tem como palco privilegiado o nordeste transmontano, particularmente a aldeia de Folgares, freguesia de Freixiel, concelho de Vila Flor, distrito de Bragança, onde nasceu o autor - daí deriva o título ONDE A CEGONHA POISOU.

Ao expor a sua biografia em forma de contos, faz, ao mesmo tempo, o retrato tão completo quanto possível dos aspectos, social, político, económico, cultural e religioso daquele recanto transmontano, dos anos cinquenta, sessenta e setenta do século passado, entre outras curiosidades, ao divulgar, de forma bem vincada, os usos e costumes dos moradores da aldeia e arredores, incluindo os vocábulos, assinalados nos textos em itálico e entre aspas, utilizados na comunicação entre os locais no seu quotidiano. Um glossário anexo a esta obra descodifica aquela linguagem.

O êxodo que levou as populações do interior a deslocarem-se para os grandes centros urbanos do litoral do país foi um fenómeno que também arrastou o autor a engrossar essa vaga migratória, a partir dos anos setenta do século passado.

Isso leva-o a exteriorizar, ao longo da sua escrita, sentimentos afectivos em relação à terra, à família, aos pais em especial, - a quem dedica o subtítulo deste livro, “Contos Autobiográficos do "meu Manuel"- e às gentes que o viram nascer e crescer.

Não perde a oportunidade de se referir a elas pelos seus próprios nomes, como figuras intervenientes no enredo dos seus contos, apresentando mesmo um inventário de todos os núcleos familiares, dispostos em quadros, a viverem na aldeia quando ele nasceu. Essa sublimação está bem patente no enlevo com que ele, estando ausente, escreve sobre essas suas raízes, também exaltadas, aqui e ali, em poemas, e até em desenhos.

Em suma, toda a obra se resume como que a uma radiografia que o autor fez questão de evidenciar do país rural de então, hoje votado à desertificação e abandono.
 

Ficha Técnica

  • Editora: Edições Ex Libris
  • Colecção:
  • Data de Publicação: 04-2016
  • Encadernação: Capa mole c/ badanas - 486 páginas
  • Idioma: Português
  • ISBN: 9789898714695
  • Dimensões do livro: 148 x 210 mm
  • Capa / Paginação: Patrícia Andrade / Alda Teixeira
  • Depósito Legal: 406878/16
  • Avaliação média dos leitores:
    • Actualmente 0 estrelas
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    (0 comentários dos leitores)
 
 

Comentários

Para comentar precisa de estar registado

Se encontrou conteúdo errado ou ofensivo nesta página envie-nos um e-mail.

CONHECER O AUTOR

Manuel Luís Rodrigues Sousa

Manuel Luís Rodrigues Sousa

«A 12 de Março de 1951, caindo um forte nevão, uma cegonha poisou nas fragas do cume de um monte onde se situa a pequena e altaneira aldeia de...
Saber mais »

LIVROS DO MESMO AUTOR

  1. Prece de um Combatente Prece de um Combatente   € 19,80  
Ver todos

LIVROS DA MESMA EDITORA

  1. Estudar Mandarim I Estudar Mandarim I   € 15,30  
  2. Celebração de um Encontro Celebração de um Encontro   € 10,30  
Ver todos

Partilhar por e-mail Fechar

 
 
 
 
Livro adicionado ao carrinho
De momento, este livro não está disponível para encomenda.