Joana Vasconcelos

Joana Vasconcelos (Paris, 1971) é uma artista plástica portuguesa. Vive e trabalha em Lisboa no circuito internacional da arte contemporânea.

As participações na Bienal de Veneza, em 2005, 2007 e 2012, afirmaram em definitivo a carreira da artista. A representação na Trienal de Echigo Tsumari, no Japão, em 2006, a exposição Contaminação, em 2008, na Pinacoteca do Estado de São Paulo, no Brasil, ou a participação na importante exposição colectiva Un Certain Etat du Monde? A Selection of Works From François Pinault Foundation Collection, realizada no Garage Centre for Contemporary Culture, em Moscovo, em 2009, deram sequência a uma singular carreira internacional.

Sem Rede, a grande antológica apresentada em 2010, no Museu Colecção Berardo, constituiu um enorme sucesso junto do público, estabelecendo-se como a exposição, realizada em Portugal, mais visitada de sempre. Em Junho 2011, a instalação Contaminação abriu a importante exposição colectiva The World Belongs to You, que o Palazzo Grassi inaugurou em Junho de 2011.

Em 2012, Joana Vasconcelos irá realizar a magna exposição anual de arte contemporânea no Palácio de Versalhes, a convite do Presidente da instituição, Jean-Jacques Aillagon, dando seguimento ao programa de arte contemporânea iniciado em 2008. Depois do americano Jeff Koons, dos franceses Xavier Veilhan e Bernar Venet, e do japonês Takashi Murakami, Joana Vasconcelos será a primeira mulher e a mais jovem artista contemporânea a expor em Versalhes.

Página oficial do autor: http://www.joanavasconcelos.com/index.aspx

  Ver livros do autor
 
Sugerir alteração

Sou este autor e quero editar a minha página pública

 

Pedido de edição de página pública Fechar

Para lhe podermos dar acesso à sua página tem de estar registado no site. Se ainda não se registou, por favor registe-se antes de preencher o formulário abaixo.

  Livros do autor

Comentários

Para comentar precisa de estar registado

 
 
 
 
 
Livro adicionado ao carrinho
De momento, este livro não está disponível para encomenda.