Graham Greene

Henry Graham Greene (n. Berkhamsted, 2 de outubro de 1904, m. Vevey, 3 de abril de 1991), mais conhecido como Graham Greene, foi um escritor inglês, com uma obra composta de romances, contos, peças teatrais e críticas literárias e de cinema. Formou-se na Universidade de Oxford e começou a sua carreira como jornalista, trabalhando como repórter e sub-editor do The Times. Publicou cerca de 60 romances.

Durante a Segunda Guerra Mundial, de 1941 a 1943, trabalhou para o governo inglês no departamento de relações externas, dirigindo um escritório em Freetown, na Serra Leoa. Muitos de seus romances, a partir de então, tiveram como tema ou pano de fundo a espionagem. O seu primeiro livro de sucesso foi O Expresso do Oriente (1932). Outras obras suas são O Poder e a Glória (1940), O Nosso Homem em Havana (1958) e O Factor Humano (1978). Muitas das suas obras foram transformadas em filmes e falam muito de situações políticas de países pouco conhecidos e aos quais viajava frequentemente, como Cuba e Haiti.

Outra temática frequente na sua obra é a religião. Tendo-se convertido ao catolicismo em 1926, os dilemas morais e espirituais de sua época eram representados através das suas personagens. Graham Greene era considerado o maior "escritor católico" da Grã-Bretanha, apesar de sua resistência em ser retratado dessa maneira.

Nasceu a 02 de Outubro de 1904 , Berkhamsted, Inglaterra
  Ver livros do autor
 
Sugerir alteração

Sou este autor e quero editar a minha página pública

 

Pedido de edição de página pública Fechar

Para lhe podermos dar acesso à sua página tem de estar registado no site. Se ainda não se registou, por favor registe-se antes de preencher o formulário abaixo.

  Livros do autor

Comentários

Para comentar precisa de estar registado

 
 
 
 
 
Livro adicionado ao carrinho
De momento, este livro não está disponível para encomenda.