Nada Mais e o Ciúme

Nada Mais e o Ciúme Fechar

Nada Mais e o Ciúme

Nada Mais e o Ciúme Fechar

Nada Mais e o Ciúme

Um Romance

De: Gil Duarte

  • Actualmente 5.0000 estrelas
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
 
€ 19,48
 
Expedição prevista no prazo de 4 a 6 dias úteis
  • em Portugal. V. condições de entrega para envios internacionais. Sujeita a confirmação de disponibilidade na respectiva editora.
 
 

Sinopse

“A relação de Virgílio e Dulce continha, desde a génese, um projecto de tristeza. De outra maneira: o seu amor possuía em si um pigmento desagregador inato, fatal e profundo, um desgaste intrínseco e congénito. Algo que não era devido ao tempo nem à acumulação das contrariedades, mas fazia parte do código genético desse amor. Uma bomba ao retardador que, minuto a minuto, se ia libertando da sua amnésia. E até no início da paixão, quando esta não tivera tempo para esmorecer ainda, nem interrogar-se demasiado a si mesma, já existiam momentos metafísicos em que um ou outro davam por si a querer saber: «Mas que faço eu aqui?».”


Preview do livro



 

Ficha Técnica

  • Editora: Edição do Autor
  • Colecção:
  • Data de Publicação: 2010
  • Encadernação: Capa mole - 340 páginas
  • Idioma: Português
  • ISBN: 9789899712201
  • Dimensões do livro: 148 x 210 mm
  • Avaliação média dos leitores:
    • Actualmente 5 estrelas
    • 1
    • 2
    • 3
    • 4
    • 5
    (12 comentários dos leitores)
com a colaboração:
 

Classificação dos leitores

Classificação média (7 votos)

 
 

Comentários

Para comentar precisa de estar registado

  1. AnaCris: A doçura das palavras duras, a dor expressa em suaves melodias, a clareza das ideias, o ritmo certo. A vontade de reler o parágrafo anterior que depois se descobre que afinal era o capítulo todo a que apetecia voltar. A descoberta de tantas palavras bonitas, revestidas de novos e tantos significados. Meia dúzia de dias repletos de um longo e penoso passado revivido com dor e no entanto tão bonito... 11 Março 2011 às 23:34:31  
  2. José Pacheco: «É certamente uma das grandes surpresas dos últimos anos nas letras portuguesas: um início brutal (arrepiante), num livro que nos agarra desde as primeiras linhas, e que, sobretudo a partir do terceiro capítulo se revela (no meu caso, foi esse o momento mágico) como uma obra de grande força e maturidade. Há muito que não lia nada assim em português...»

    Mário Marcão 10 Março 2011 às 19:20:54
     
Se encontrou conteúdo errado ou ofensivo nesta página envie-nos um e-mail.

Partilhar por e-mail Fechar

 
 
 
 
Livro adicionado ao carrinho
De momento, este livro não está disponível para encomenda.