Júlio Dinis

Júlio Dinis, pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, nasceu no Porto e foi entre esta cidade, Ovar e o Douro que passou grande parte da sua vida. Tirou o curso de medicina na Escola Médica do Porto, aliando a profissão de médico à de escritor. Os seus primeiros textos foram publicados em A Grinalda e n' O Jornal do Comércio. De uma família de tuberculosos (a mãe e os irmãos morreram com essa doença), Júlio Dinis contrai também a doença e parte numa cura para a Madeira, cura esta que de pouco lhe valeu, falecendo ainda muito novo, em 12 de Setembro de 1871.

Os seus romances constituem um valioso documento sobre Portugal, numa fase em que o país sofre transições políticas e económicas, promovidas pelo regime neoliberal. Regista na sua obra os resultados positivos das reformas económicas e o estilo de vida da burguesia triunfante. A obra mais famosa de Júlio Dinis é As Pupilas do Senhor Reitor (1867). Escreveu, ainda, Os Fidalgos da Casa Mourisca (1872), A Morgadinha dos Canaviais (1868), Uma Família Inglesa (1868) e Serões da Província (1870), uma coletânea de contos.

Júlio Dinis é um romancista de um período de transição entre o Romantismo e o Realismo. Filiado no movimento romântico, mas realista pela preocupação da verdade nas suas descrições, nos caracteres e na evolução da intriga, utiliza processos do romance realista inglês.

Nasceu a 14 de Novembro de 1839 , Porto, Portugal
  Ver livros do autor
 
Sugerir alteração

Sou este autor e quero editar a minha página pública

 

Pedido de edição de página pública Fechar

Para lhe podermos dar acesso à sua página tem de estar registado no site. Se ainda não se registou, por favor registe-se antes de preencher o formulário abaixo.

  Livros do autor

Comentários

Para comentar precisa de estar registado

 
 
 
 
 
Livro adicionado ao carrinho
De momento, este livro não está disponível para encomenda.